top of page
Banner para site (3).png

Nós ajudamos familiares e amigues de mulheres ou homens alcoolistas que desejam ajudar alguém que sofre com o consumo nocivo do álcool.

 

Em 3 anos de existência, acolhemos mais de 350 familiares de todo o Brasil.

Banner para site (4).png

NOSSA METODOLOGIA

A família tem importância fundamental no tratamento de todas as doenças mentais, não sendo diferente com o paciente alcoolista.

Se você chegou até aqui, é provável que deseja ajudar alguém que esteja abusando do álcool.

 

O processo de apoio para amigues e familiares da nossa Associação foi criado para te ajudar a aprender uma nova maneira de viver com a(o) alcoolista em recuperação ou apesar dela(e) continuar bebendo, criando um espaço de acolhimento, compaixão e respeito, sem julgamentos nem preconceitos.

O QUE ESTÁ INCLUÍDO?

  • Acesso à nossa Biblioteca Virtual;

  • Grupos Terapêutico a cada 15 dias com a nossa psicóloga e cofundadora, Cláudia Leiria;

  • Atendimento psiquiátrico individual no valor de R$ 150,00;

  • Atendimento terapêutico individual com valor negociável com profissionais parceiras, podendo chegar a valor social.

9.png

"xxx."

Cláudia Leiria, psicóloga e cofundadora da nossa Associação 

Quero me inscrever, mas ainda tenho algumas dúvidas.

Clique aqui e saiba mais.

Junte-se a nós!

CONTRIBUIÇÃO (formato cartão postal).png
CONTRIBUIÇÃO (formato cartão postal) (3).png

Relatos do Coração
especial familiares

Filha de uma girassol em recuperação

"O AF tem me trazido forças para ajudar minha mãe na luta com o alcoolismo. Desde que eu descobri sua doença, minha alma adoeceu, minha vida perdeu cor e graça, e no grupo me fortaleço. Ver minha mãe assistindo às reuniões diariamente me ajuda a voltar a lutar por mim e por ela! Sou toda gratidão a esse coletivo abençoado, cheio de amor e acolhimento ao próximo, de mulheres que se doam e se entregam!"

Silvana, irmã da girassol Solange que está em recuperação 

"Ela despertou para o caminho dos trabalhos sociais realizados por mulheres acolhedoras depois que ajudou uma amiga que estava sofrendo violência do companheiro. Ela me pediu ajuda para achar uma organização social que atendesse mulheres dependentes de álcool e eu tive um sentir muito forte no coração que encontraria alguma pelo Instagram, pois há trabalhos incríveis e potentes que estão se fortalecendo pelas redes sociais e chegando a quem precisa. Quando bati o olho no perfil de vocês, já senti o caráter acolhedor do projeto. Encaminhei pra ela, com as orientações de entrada, e ali foi o meu limite de poder ajudá-la: eu tinha pra mim que, daquele momento em diante, seria com ela. E foi! Já tem dois meses que ela está vivendo essa nova realidade, que é a de enxergar o caminho de luz, a possibilidade de ser diferente e confiante em si mesma."

Johanna Magdalena Pomp, mãe da girassol Gabriela

“Eu, Johanna Magdalena Pomp, me sinto muito honrada e feliz por fazer parte do grupo de Familiares e Amigues da AF.

 

Nosso grupo está completando dois anos!

Sabemos como é importante estarmos nele, afinal somos uma família onde nos acolhemos uns aos outros, ouvindo e compartilhando nossos sofrimentos, nossas alegrias e, acima de tudo, esperança: o alcoolismo é uma doença que não tem cura, mas tem tratamento.

Minha filha Gabriela é uma alcoolista, já está há dois anos e três meses em recuperação para viver uma nova e importante fase de sua vida, se tornando livre, leve e solta, com a certeza de como é bom ser feliz. E eu também sou uma familiar em recuperação e vivo um dia de cada vez, sempre feliz. Gratidão, Universo!"

João, esposo de uma girassol em recuperação

“Antes da decisão da minha esposa de ingressar na AFF, ela estava bebendo bastante vinho, espumantes e às vezes caipirinhas. Algumas vezes numa quantidade muito grande. Seu comportamento quase sempre era relativamente normal. Em algumas ocasiões ela ficou meio perdida, com apagões. Porém nunca foi mal educada ou grossa, ou teve atitudes estranhas.

Mas ela decidiu procurar ajuda e pediu para eu a apoiar neste desafio, pois muitas vezes errei levando bebida pra casa, achando que estava fazendo uma coisa boa, agradando ela, quando, na verdade, a estava prejudicando.

Quando decide uma coisa ela é muito perseverante, o que muito admiro. Neste processo, ela está se sentindo muito melhor, as reuniões que ela participa a deixam mais animada. Tenho certeza que mesmo o processo sendo longo e continuo, a minha esposa vai vencer esse desafio.

 

Atualmente, eu não estou muito presente em casa pois, devido ao trabalho, passo a maior tempo em viagens. No entanto, fico com ela em pensamento nas 24 horas do dia. Hoje, minha esposa é outra mulher, mais alegre, serena, tem muita disposição, faz atividade física, cuida da alimentação. Ela tem os netos que adoram a vovó e mais uma companheirinha (uma cachorrinha). Ela segue em frente vencendo os desafios, e como ela mesmo diz, é uma mulher em reconstrução."

Cláudia e sou companheira da Eliete

Pude acompanhar, cada passo dela, nessa nova etapa da sua vida sem o álcool, e sei como foi difícil chegar até aqui, mas a garra e a determinação dela são surpreendentes!

 

Nós, familiares, precisamos apoiar, acreditar e aplaudir, a cada dia, mais essa conquista. Hoje vejo como ela se tornou uma pessoa ainda melhor. Tenho um orgulho imenso de você! Parabéns, você é uma pessoa maravilhosa!"

Depoimento

Novo depoimento

Pergunta Frequnte
  • A Associação Alcoolismo Feminino é AA?
    Não somos Alcoólicos Anônimos.
  • Onde é a sede da Associação Alcoolismo Feminino?
    Atualmente nossa sede é em Belo Horizonte, Minas Gerais, e estamos abrindo duas filiais, uma na cidade do Rio de Janeiro e outra na cidade de Niterói. Para 2024, temos como meta abrir uma filial em SP. Mas qualquer mulher, de qualquer lugar do mundo, desde que fale a língua portuguesa, pode participar, já que nosso trabalho é 100% virtual.
  • Como saber se tenho “problemas” com o álcool?
    Uma das formas de avaliação é o questionário CAGE (acrônimo de Cut down + Annoyed by criticism + Guilty + Eye opener) e é um instrumento validado no Brasil desde 1983. Então, se você responder "sim" a pelo menos duas das questões abaixo, você deve procurar ajuda, clicando aqui. (vincular ao link do cadastro) Alguma vez sentiu que deveria diminuir a quantidade de bebida ou parar de beber? ( ) não ( ) sim As pessoas a aborrecem porque criticam o seu modo de beber? ( ) não ( ) sim Se sente culpado (a) pela maneira com que costuma beber? ( ) não ( ) sim Costuma beber pela manhã (ao acordar) para diminuir o nervosismo ou a ressaca? ( ) não ( ) sim
  • Os encontros são presenciais?
    Nossos encontros são virtuais, mas organizamos encontros presenciais em algumas cidades, como o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre.
  • Como são os encontros virtuais? Eles acontecem em que dias da semana e em quais horários?
    Oferecemos terapia em grupo às(aos) amigas(os) e familiares de homens e mulheres alcoolistas e um grupo virtual de mútua ajuda que funciona diariamente, das 9:00 às 20:00. As reuniões ocorrem nas quartas-feiras de 15 em 15 dias às 20 horas no aplicativo Zoom.
  • Ao me tornar associada, é obrigatório ser “não anônima"?
    Não. Internamente, em nossa comunidade virtual, seu número ficará visível, até migrarmos para a comunidade do site, onde isso não acontecerá mais. No acolhimento inicial, assim como na sua primeira reunião ou grupos terapêuticos, você deverá abrir o vídeo rapidamente, apenas para confirmarmos que é uma mulher, garantindo a segurança de todas
  • Quanto custa para ser uma alcoolista associada?
    Para participar de todas as nossas atividades, a contribuição é de apenas 35 reais por mês. Faça seu cadastro, clicando aqui. https://contribuicaoaf.cyclopay.com/landing-page
  • Como é feita a contribuição mensal?
    Ela é feita através de cartão de crédito na plataforma “Ciclopay”, para um programa de recuperação de 6 meses, com cobrança automática mensal. Caso não haja crédito disponível para a cobrança, a associada terá até 5 dias corridos para entrar em contato com contato@associacaoaf.org e regularizar sua pendência para que não tenha a sua participação encerrada em nossa Associação.
  • Contratando a assinatura, eu receberei alguma coisa na minha casa?
    Não, a nossa assinatura e materiais disponibilizados são 100% digitais.
  • Homens podem entrar?
    Não, a Associação Alcoolismo Feminino é um espaço seguro, respeitoso e exclusivo para mulheres que desejam parar de beber. Apenas familiares homens, assim como mulheres, são acolhidos num grupo exclusivo para eles.
  • Não sou alcoolista, mas conheço uma pessoa? Como ajudá-la?
    Oferecemos terapia em grupo às(aos) amigas(os) e familiares de homens e mulheres alcoolistas e um grupo virtual de mútua ajuda que funciona diariamente, das 9:00 às 20:00. Se você deseja ajudar uma mulher ou um homem a parar de beber.
  • Quanto custa para me tornar um(a) familiar associado da AF?
    A contribuição é de apenas 30 reais por mês. Faça seu cadastro.
  • Sou familiar e/ou amigue de uma pessoa que acho que tem problemas com álcool. Como posso ajudar essa pessoa?
    Faça seu cadastro que uma das nossas voluntárias vai te ligar.
  • Posso adquirir separadamente os serviços que a Associação disponibiliza como, por exemplo, as terapias, reuniões, etc."
    Os nossos serviços são destinados para as pessoas que adquirirem a nossa assinatura. Mas você pode contratar individualmente os serviços das nossas profissionais parceiras.
  • Posso cancelar a minha contribuição a qualquer momento?
    Sim. A solicitação de cancelamento deve ser enviada para contato@associacaoaf.org. Ao cancelamento, você deixará de ser uma das nossas associadas, deixando de participar de tudo o que oferecemos.
  • Tive um problema com a fatura do cartão de crédito. Com quem eu posso resolver?
    Se você tiver um problema com a fatura, o contato é direto com a sua operadora de cartão de crédito.
  • Não tenho como pagar a contribuição, mas preciso de ajuda. Como posso fazer?
    Clique aqui e preencha o questionário. Entraremos em contato com você por e-mail em até 7 dias úteis.
  • Como posso tirar outras dúvidas?
    Mande sua mensagem através do chat disponível no site, formulário do rodapé ou envie para o e-mail contato@associacaoaf.org.
Dúvidas
bottom of page