top of page

De que forma o álcool aumenta o risco de câncer de mama?



O álcool é responsável pelo aumento do risco de câncer de mama e, mesmo com o consumo de poucos drinques por semana, há um risco aumentado do desenvolvimento desta doença em mulheres.


Isto porque o consumo de álcool reduz a capacidade do organismo em absorver o ácido fólico (vitamina B9) dos alimentos, nutriente que as células do corpo necessitam para se manterem saudáveis.


A deficiência é agravada na mulher já dependente do álcool, pelo comprometimento na sua alimentação e por seu organismo, com alta concentração de álcool, não absorver quantidades suficientes do ácido fólico. E quanto menores os níveis de ácido fólico, maiores serão os riscos do câncer de mama.


O consumo de álcool também pode aumentar os níveis de estrogênio no organismo, um hormônio importante no crescimento e desenvolvimento do tecido mamário. Isto pode ter um efeito sobre o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama.


Por fim, o álcool é uma substância química altamente calórica que pode contribuir para o seu ganho de peso. E estar acima do peso é um fator conhecido por aumentar os riscos para vários tipos de câncer, entre eles o de mama.


O álcool mata mais de 3 milhões de pessoas todo ano no mundo. Ele é o maior responsável pelas doenças crônicas não transmissíveis, entre elas o câncer de mama.


Para o seu bem, pare de consumir bebidas alcoólicas.






-----------------------------------------------------------------------------


A Associação de Alcoolismo Feminino existe para ajudar mulheres em sofrimento pelas consequências de seu modo de beber, por meio de um espaço de acolhimento, compaixão e respeito, sem julgamentos nem preconceitos.


Se você precisa de ajuda ou quer contribuir com nosso projeto, entre em contato conosco pelo site: www.associacaoaf.org/queroajuda.



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page