top of page

Dia mundial do meio ambiente - A produção de álcool e o seu impacto devastador no meio ambiente

Sempre fui entusiasta sobre o tema sustentabilidade, nunca joguei lixo no chão, reciclo, faço compostagem, reaproveito muitas coisas e não consumo carne, mas mesmo tão imersa nesse universo confesso, um pouco envergonhada, que nunca tinha refletido sobre o impacto causado pela produção de álcool ao meio ambiente. Desmatamento, escassez de água, degradação do solo e emissões de gases de efeito estufa são alguns dos danos significativos causados pela produção em larga escala de bebidas alcoólicas.



Desmatamento


A expansão das áreas de cultivo para atender à demanda por álcool resulta em desmatamento generalizado. O desaparecimento das florestas e dos ecossistemas naturais causa a perda irreparável da biodiversidade, além de contribuir para as mudanças climáticas que tanto afetam o nosso planeta.



Escassez de água


No momento em que refletimos sobre a importância dos recursos hídricos para a vida na Terra, é alarmante perceber como a produção de álcool agrava a escassez de água. A agricultura intensiva requerida para o cultivo das plantas utilizadas na sua produção coloca uma pressão excessiva sobre os recursos hídricos, prejudicando comunidades locais e ecossistemas aquáticos já ameaçados.



Degradação do solo


A produção intensiva de álcool, muitas vezes, negligencia práticas agrícolas sustentáveis, levando à degradação do solo. A falta de rotação de culturas e o uso indiscriminado de fertilizantes químicos empobrecem o solo, comprometendo sua fertilidade e capacidade de retenção de água.



Emissões de gases de efeito estufa


A produção em si é responsável por emissões significativas de CO2. O processo energético intensivo e o desmatamento resultante contribuem para o agravamento das mudanças climáticas.



Uma luta pessoal


A minha jornada sem álcool tem me feito evoluir em vários aspectos e agora, somado a tudo que já aprendi, desenvolvo uma consciência mais profunda sobre os impactos negativos da produção de álcool no ecossistema.


Parar de consumir bebidas alcoólicas não apenas transforma nossas vidas individualmente, mas também nos dá a oportunidade de contribuir para um futuro mais sustentável para o planeta, pois ao fazermos essa mudança em nossos hábitos pessoais, desempenhamos um papel ativo na construção de um mundo mais verde e equilibrado.


Jésika Bassanezi, 37 anos, jornalista, cozinheira, mãe do cachorro Milulu, voluntária e há mais de um ano sem consumir bebidas alcoólicas.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page